Sistema de tração integral permanente, haldex, diferencial. O que significam estes termos?

Já se deparou com algum destes termos e ficou sem entender o que significa? Calma que nós vamos te explicar de uma forma bem didática neste post:

O sistema de tração integral permanente é um sistema de transmissão que envia torque para todas as quatro rodas do veículo o tempo todo. Isso fornece maior tração e estabilidade em todas as condições de condução, incluindo superfícies escorregadias, como neve, gelo ou terra.

Existem dois tipos principais de sistemas de tração integral permanente:

  • Sistemas de tração integral Haldex: esses sistemas usam um acoplamento Haldex para distribuir o torque entre as rodas dianteiras e traseiras. O acoplamento Haldex é controlado por um módulo de controle eletrônico (ECU), que monitora as condições de condução e ajusta a distribuição de torque de acordo.
  • Sistemas de tração integral de eixos conectados: esses sistemas têm um eixo de transmissão que conecta as rodas dianteiras e traseiras. O eixo de transmissão é controlado por um diferencial central, que distribui o torque entre as rodas dianteiras e traseiras.

Como funciona o sistema de tração integral permanente?

Os sistemas de tração integral permanente funcionam enviando torque para todas as quatro rodas o tempo todo. Isso é feito através de um conjunto de componentes, incluindo:

  • Caixa de transferência: a caixa de transferência é responsável por distribuir o torque entre as rodas dianteiras e traseiras.
  • Acoplamento Haldex ou eixo de transmissão: o acoplamento Haldex ou eixo de transmissão é responsável por conectar as rodas dianteiras e traseiras.
  • Diferencial central: o diferencial central é responsável por distribuir o torque entre as rodas dianteiras e traseiras.

Vantagens do sistema de tração integral permanente

O sistema de tração integral permanente oferece uma série de vantagens, incluindo:

  • Melhor tração em condições adversas: o sistema de tração integral permanente pode ajudar o carro a manter a tração em superfícies escorregadias, como neve, gelo ou terra.
  • Melhor estabilidade: o sistema de tração integral permanente pode ajudar a melhorar a estabilidade do carro em curvas.
  • Melhor desempenho: o sistema de tração integral permanente pode ajudar a melhorar o desempenho do carro em condições de baixa tração.

Desvantagens do sistema de tração integral permanente

O sistema de tração integral permanente também apresenta algumas desvantagens, incluindo:

  • Maior complexidade: o sistema de tração integral permanente é mais complexo do que um sistema de tração integral convencional.
  • Maior custo: o sistema de tração integral permanente é mais caro do que um sistema de tração integral convencional.
  • Maior consumo de combustível: o sistema de tração integral permanente pode aumentar o consumo de combustível, especialmente em condições de tração constante.

Veículos que utilizam sistema de tração integral permanente

Além do Volvo XC60, existem muitos outros veículos que utilizam sistema de tração integral permanente. Alguns exemplos incluem:

  • Audi Q5
  • BMW X3
  • Mercedes-Benz GLC
  • Land Rover Discovery
  • Jeep Wrangler
  • Toyota RAV4
  • Honda CR-V
  • Subaru Forester

Conclusão

O sistema de tração integral permanente é uma opção popular para veículos que precisam de maior tração e estabilidade em todas as condições de condução.

Em caso de dúvidas ou se estiver precisando de manutenção no sistema de tração integral de seu veículo, o Centro Automotivo Rubi é uma oficina especializada em Belo Horizonte:

CENTRO AUTOMOTIVO RUBI

Endereço: R. Japurá, 604 – Renascença, Belo Horizonte – MG, 31130-760

Telefone: (31) 99586-0698

haldex e diferencial; sistema de tração integral permanente; oficina especializada em haldex e diferencial; manutenção da caixa de transferência